Contraindicações da Babosa

Contraindicações da Babosa

Contraindicações, cuidados e efeitos colaterais da Babosa


Aloe vera L.
Família Botânica: Liliaceae
Partes utilizadas: seiva das folhas

Deve ser evitado por crianças menores de 6 anos, gestantes, mulheres em fase de amamentação e no período menstrual, pessoas que possuam dores abdominais de origem desconhecida, obstrução das vias biliares, apendicite, prostatites, disenterias, problemas renais e urinários, hemorróidas, enterocolites, varizes, cistite, prostatite, doença de Crohn, síndrome do cólon irritável, insuficiência cardíaca ou renal.
O uso interno em tratamentos prolongados ou doses acima das usuais podem acarretar em severos efeitos colaterais.

Sinônimos botânicos:
Aloe barbadensis Miller, Aloe vulgaris Lamarck, Aloe barbadensis DC., Aloe pemk., Aloe perfoliata Vell., Aloe perfoliata var. vulgaris Aubl., Aloe vera (L.) Burm.

Não deixe de ver: Benefícios da Babosa